A iniciativa intitulada “Protesto Pela Liberdade: Estado de emergência não é Solução, é Repressão” reúne poucas pessoas e é organizada pelo movimento de cidadãos “Pela Liberdade, Pela Verdade”.

“Sejam quais forem as medidas decididas no conselho e antecipada que já foi a eventual aplicação do recolher obrigatório e/ou estado de emergência, este movimento de cidadãos repudia a atual política sanitária e o conjunto de decisões dela já decorrentes ou a providenciar para o futuro”, refere o movimento, em comunicado.

Para este grupo de cidadãos, um novo estado de emergência ou um eventual recolher obrigatório para legitimar medidas de contenção da pandemia “são formas excessivas e cerceadoras de liberdades, direitos e garantias fundamentais da população e que apenas podem contribuir para o caos económico das famílias”.

Conselho de Ministros está hoje reunido para decretar “ações imediatas” de controlo da pandemia, um dia depois de o primeiro-ministro ter recebido os partidos com assento parlamentar com vista a um consenso sobre estas decisões.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.