Segundo fonte do CHL, o surto surgiu no passado dia 24 de novembro e todos os doentes e profissionais afetos àquela ala do serviço (3.º piso na torre poente no Hospital de Santo André) foram testados.

“Neste momento, confirmamos 16 profissionais e 19 utentes infetados. Quatro utentes faleceram e um recebeu alta hospitalar”, revelou o hospital.

O CHL salientou que a “situação está controlada e, em articulação com as autoridades de saúde e cumprindo os protocolos em vigor, já foram tomadas todas as medidas adequadas para salvaguardar os doentes e os profissionais, como a avaliação de risco de todos os profissionais afetos a esta ala do serviço”.

Os surtos que ocorreram na Medicina II (atual Serviço de Medicina Interna) que afetou 15 profissionais de saúde e 12 utentes, e no internamento de Pneumologia “estão fechados”, referiu a mesma fonte.

Além do Hospital de Santo André, em Leiria, o Centro Hospitalar de Leiria integra o hospital de Pombal e o hospital Bernardino Lopes de Oliveira, em Alcobaça, tendo uma área de influência de cerca de 400 mil pessoas.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.507.480 mortos resultantes de mais de 65,2 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 4.803 pessoas dos 312.553 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.