O anúncio de Macron foi feito no dia a seguir à demissão do general Pierre de Villiers como chefe do Estado Maior do Exército, descontente com os cortes deste ano.

Na base aérea de Istres, o Presidente francês reafirmou o compromisso de aumentar a dotação do Ministério da Defesa para 2% do PIB até 2025, face aos 1,8% atuais.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.