Christina Koch, que passou 328 dias na Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), o astronauta italiano Luca Parmitano, da Agência Espacial Europeia, e o cosmonauta russo Alexandre Skvortsov pousaram esta quinta-feira às 9h12 no Cazaquistão, na Ásia Central.

Christina foi uma das mulheres a integrar primeira caminhada espacial com uma equipa feminina, em outubro. A missão tinha como objetivo reparar um controlador de energia do lado de fora da Estação Espacial Internacional.

Koch e Jessica Meir (a outra astronauta envolvida nesta caminhada) estiveram acompanhadas por mais quatro tripulantes, todos eles homens, que permaneceram dentro da Estação Espacial Internacional enquanto as duas astronautas fizeram as reparações.

Ambas as astronautas juntaram-se à NASA em 2013, num ano em que metade da sua turma era feminina, sendo que Koch já se preparava  para bater o recorde, ao tornar-se na primeira mulher a fazer uma missão de 300 dias.

Durante este tempo na Estação Espacial Internacional, Christina H. Koch, verificou que existiam incorreções na lista de caminhadas espaciais de 2015, na Wikipedia. Mesmo estando no Espaço, não quis deixar passar em vão, o que levou a enciclopédia online a reagir ao sucedido. "Não é preciso gravidade para editar a Wikipedia. Rói-te de inveja, Isaac Newton", escreveram — embora se tivessem enganado na grafia do nome do responsável pela lei da gravidade, pormenor posteriormente corrigido [escrito na publicação como Issac].

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.