Não é o fim do tempos, apesar do acontecimento já ter motivado este e outros comentários carregados de humor e referências apocalípticas. Também não é uma tempestade, apesar do Serviço Nacional de Meteorologia já ter divulgado imagens onde é possível ver a mancha de animais nos radares. São milhares e milhares de gafanhotos a invadir as ruas de Las Vegas.

Especialistas explicam o fenómeno com o clima excecionalmente húmido — tendo a cidade já superado a sua média anual de precipitação — que estimulou a migração maciça de animais desta espécie.

A espécie, o gafanhoto de asas pálidas, é nativa dos desertos do oeste da América do Norte. “Não mordem ou transportam doenças” garantiu o entomologista Jeff Knight ao The Washington Post.

Os animais, que devem pertencer na cidade por várias semanas, garante o mesmo especialista, têm atraído a atenção dos órgãos de comunicação, da população e de turistas.

Várias fotografias e vídeos têm sido publicados nas redes sociais. Os animais são atraídos pelas luzes intensas daquela já apelidado de cidade do pecado (Sin City, em inglês). Veja as imagens.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.