"A embarcação ‘Tânia Isabel’ virou-se a sul do Baleal por uma volta de mar. Os pescadores estavam com os coletes salva-vidas vestidos e agarrados à proa do barco quando uma outra embarcação, ‘Ribela', que estava nas proximidades, chegou ao local para os resgatar", afirmou Marco Augusto à agência Lusa.

Os pescadores, de 35 e 44 anos, foram assistidos no local por terem sinais de hipotermia e foram transportados para a urgência de Peniche.

"As vítimas estão bem de saúde e foram classificadas como ligeiras", disse à Lusa o comandante dos bombeiros de Peniche, José António Rodrigues.

A embarcação, de seis metros de comprimento, afundou e constitui perigo à navegação naquele local.

No local, estiveram 13 operacionais e cinco viaturas dos bombeiros, Instituto Nacional de Emergência Médica, Polícia Marítima e Capitania de Peniche, entre os quais três ambulâncias.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.