"Segundo a nossa projeção, vamos atingir uma taxa de desemprego de 12,8% até ao final de 2019", afirmou o ministro da Economia, Luis de Guindos, a jornalistas, no final do Conselho de Ministros. No final do terceiro trimestre, a taxa foi de 18,9%.

Em comunicado, o governo "prevê a criação de quase dois milhões de postos de trabalho no período de 2016 a 2019".

Se a meta de redução do desemprego for cumprida, voltaria aos números verificados antes da crise de 2008, que fez disparar a percentagem de desempregados para cerca de 27% em 2013.

O governo de Mariano Rajoy decidiu aumentar em 8% o salário mínimo em 2017, o que representa o maior aumento em 30 anos, de acordo com o PSOE.

Sob o decreto aprovado, vai aumentar de 764 euros para 825 euros por mês.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.