Duas pessoas morreram no próprio dia do ataque, depois de Chérif Chekatt, 29 anos, disparar a sua arma na zona do mercado de Natal de Estrasburgo, enquanto a terceira vítima morreu na quinta-feira.

A vítima hoje anunciada, cuja identidade não foi revelada, estava em estado crítico desde o ataque de terça-feira à noite e não sobreviveu aos ferimentos.

Uma quinta pessoa está em morte cerebral e há outros 11 feridos.

A polícia francesa abateu o autor do ataque na quinta-feira à noite, após dois dias em fuga, e já deteve sete pessoas próximas de Chekatt.

Segundo o procurador de Paris, Rémy Heitz, estão detidos “quatro membros da (…) família” do suspeito e três outras pessoas próximas.

“A investigação vai continuar para identificar eventuais cúmplices ou coautores que o possam ter ajudado ou encorajado na realização do ato”, adiantou Heitz.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.