Este avanço no voto popular, correspondente a mais 1,5 pontos percentuais, de Clinton, segundo os peritos dos Cook Political Report, não muda nada ao resultado da eleição, que vai ser feita em escrutínio indireto a uma volta.

Hillary Clinton recolheu 64.227.373 votos contra 62.212.752 para Donald Trump, segundo os últimos números compilados de fonte oficial pelo Cook Political Report, divulgadas hoje.

Trump conseguiu 290 grandes eleitores contra 232 da democrata, que já reconheceu a derrota. Para vencer esta eleição são precisos 270 dos 538 que estavam em jogo.

Esta foi a segunda vez no século XXI que um candidato democrata consegue o maior número de votos, mas perde as eleições.

Em 2000, o vice-Presidente Al Gore perdeu perante George W. Bush, apesar de ter mais 544 mil votos do que este.

Nos EUA, a eleição presidencial é decidida pelos grandes eleitores, eleitos em cada um dos 50 Estados da União, em função da população.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.