Numa intervenção feita de surpresa, a partir da sua residência de Mar-a-Lago, na Flórida, e acompanhado pelo tenente-general McMaster, Donald Trump definiu o seu novo assessor como um “homem de tremendo talento e experiência”.

“Eu li muitos nestes últimos dias e McMaster é muito respeitado nas Forças Armadas”, acrescentou o Presidente.

O tenente-general H. R. McMaster foi nomeado, depois de na semana passada o vice-almirante Robert Harward ter recusado o cargo.

Juntamente com Donald Trump e McMaster estava o tenente-general Keith Kellogg, que vai ocupar o cargo de chefe do gabinete do Conselho de Segurança Nacional.

A saída de Michael Flynn, depois de 24 dias no cargo, foi uma das principais crises com que Donald Trump teve de lidar, desde que assumiu a Presidência dos Estados Unidos, a 20 de janeiro.

Donald Trump passou o fim de semana na Flórida e regressa hoje a Washington.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.