Em Austin, Bottas garantiu o melhor tempo da sessão de qualificação em 1.32,029 minutos logo na primeira tentativa da Q3, batendo o recorde do circuito texano, onde este domingo se disputa a 19.ª prova da temporada.

Em segundo lugar ficou o alemão Sebastian Vettel (Ferrari), que cedeu apenas 12 milésimos de segundo para o piloto finlandês, com o holandês Max Verstappen (Red Bull) em terceiro, a 62 milésimos de segundo do mais rápido.

Ao lado do piloto da Red Bull na segunda linha vai partir o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), já a 108 milésimos de segundo, com Hamilton, cinco vezes campeão do mundo, na quinta posição, a 292 milésimos.

Para impedir o companheiro de equipa de festejar já no domingo o sexto título, Bottas tem de ganhar e Hamilton ficar abaixo do oitavo lugar.

"Procurei melhorar na última tentativa mas a pista perdeu aderência e, no final do primeiro setor, estava já a perder algumas décimas", explicou Bottas, que se congratulou com o facto de "ninguém ter melhorado o seu tempo na segunda tentativa".

Esta foi a 11.ª ‘pole position' da carreira do finlandês, segundo do campeonato a 74 pontos do líder, Lewis Hamilton, que precisa apenas de quatro pontos para se sagrar campeão quando faltam três provas para o final do campeonato.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.