"Foram 8.316 os portugueses que, em 2017, entraram em França, segundo os dados da nova série facultada ao Observatório pelo Institut National de la Statistique et de Études Économiques [Instituto Nacional de Estatística e de Estudos Económicos francês]. Este número representa um decréscimo de 32,8% quando comparado com o das entradas no ano anterior", refere-se num comunicado do observatório.

Assim, "apesar da ligeira retoma ocorrida em 2016 (+7%), em 2017, houve um decréscimo acentuado (-33%), fazendo de 2017 o ano em que entraram menos portugueses naquele país na década em curso", segundo aquela entidade.

O Observatório da Emigração concluiu ainda que "as entradas em França parecem ter acompanhado a tendência geral dos fluxos de emigração portuguesa".

Com o valor registado em 2017, a França deixa de ser o segundo país de destino dos portugueses, tendo sido ultrapassado pela Espanha e pela Suíça, acrescentou-se.

O número de novos emigrantes portugueses em França atingiu um máximo em 2012 com 19.658 entradas em território francês. Mas desde então o número de entradas de portugueses naquele país tem vindo a cair.

Em 2013, o número de novos portugueses a residir em França baixou 4%, no ano seguinte caiu 22% e em 2015 registou mais um decréscimo de 21%, segundo os números revelados pelo observatório.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.