Em comunicado, o organismo revelou que os dois clubes tinham requisitado a adiamento dos jogos, que estavam agendados para o próximo domingo, e que acedeu ao pedido, após a aceitação de Fiorentina e AC Milan, adversários de Sampdoria e Génova, respetivamente.

A nova data dos dois encontros será conhecida brevemente, de acordo com os regulamentos da competição.

No Génova, alinham os portugueses Iuri Medeiros e Pedro Pereira.

A Liga italiana acrescentou ainda que todos os jogos da primeira jornada vão ser precedidos de um minuto de silêncio e que todas as equipas vão usar fumos negros.

O balanço mais recente das autoridades italianas dá conta de 39 mortos e 16 feridos, nove dos quais em estado grave.

Na quarta-feira, o Governo italiano declarou o “estado de emergência” por 12 meses em Génova e anunciou que vai desbloquear uma verba de cinco milhões de euros do fundo de emergência nacional.

O acidente ocorreu na terça-feira, cerca das 12:00 (11:00 em Lisboa), quando um troço de cerca de 100 metros da ponte Morandi, com um quilómetro de comprimento e 90 metros de altura, caiu e soterrou vários veículos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.