Em causa estão obras que fazem parte de um projeto mais abrangente, a chamada “Circular Externa” de Baguim do Monte e Rio Tinto, em Gondomar, distrito do Porto, que prevê, no total, a construção de cinco novos troços nessas freguesias.

“Prevista há mais de 30 anos, esta é uma via de extrema importância para o município de Gondomar e para os municípios vizinhos. Vai permitir saídas e entradas no concelho em pontos nevrálgicos de forma a evitar tráfego denso na zona urbana”, descreveu à agência Lusa o presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins.

Já sobre o projeto global, o da chamada “Circular Externa”, Marco Martins tinha adiantado, em novembro de 2019, que os cinco troços deveriam custar cerca de seis milhões de euros, estimativa que hoje corrigiu para cerca do dobro.

“O facto de custar quase 12 milhões de euros tem a ver com revisões dos projetos e de imprevistos nos locais de obra. Por exemplo, o concurso para outro dos troços, o da Circunvalação à rua da Granja [freguesia de Rio Tinto], custará 8,2 milhões”, descreveu o autarca, adiantando que este terceiro troço está em fase de concurso público internacional.

Marco Martins apontou que o projeto global terá investimento camarário, bem como verba fruto de candidaturas a programas do Portugal 2020 com percentagens diferentes que vão desde os 25% aos 30%.

Sobre a empreitada que arrancou esta semana, em causa está a construção da ligação à rua das Donas na fase A.

Já a Fase B servirá para ligar a rua Padre Joaquim das Neves e a rua das Covas.

Além da via rodoviária, a obra contempla a construção de uma via pedonal e de uma ciclovia.

Soma-se a colocação de equipamentos como iluminação, passeios, bancos e papeleiras.

O prazo de execução é de um ano.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.