A apresentação dos ‘símbolos’ e do sítio da quarta presidência portuguesa ficará a cargo do Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, e da secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias.

A apresentação da programação cultural da presidência semestral do Conselho da UE terá lugar também em dezembro, em data a anunciar.

Para janeiro, estão previstas a tradicional visita do colégio de comissários a Portugal e apresentação ao Parlamento Europeu (PE) das prioridades definidas pelo Governo português para a sua quarta presidência da UE.

A logística da presidência portuguesa UE está a ser planeada para diferentes cenários de evolução da pandemia, que determinará nomeadamente se quase duas dezenas de reuniões de alto nível se realizam presencialmente ou por videoconferência.

A presidência portuguesa da UE tem como prioridades a Europa Resiliente, capaz de resistir a crises não apenas economicamente como ao nível dos valores europeus, a Europa Social, com o modelo social como fator de crescimento económico, a Europa Verde, líder mundial no combate às alterações climáticas, a Europa Digital, pronta para enfrentar a transição tecnológica a nível económico e de proteção dos direitos dos cidadãos, e a Europa Global, assente na aposta no multilateralismo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.