“O incêndio está de facto dominado, ficou dominado há alguns minutos, portanto é uma boa notícia”, declarou a adjunta de operações da ANPC Patrícia Gaspar, pelas 11:25 de hoje.

Segundo a responsável da Proteção Civil, todo o dispositivo de combate ao fogo vai manter-se no terreno “durante as próximas horas” para garantir “uma resposta permanente” a todas as situações que possam surgir em termos de reativações.

O incêndio deflagrou na tarde de domingo no concelho da Sertã (distrito de Castelo Branco) e alastrou a Proença-a-Nova, bem como ao concelho de Mação (distrito de Santarém).

Segundo a Câmara de Mação, na quarta-feira à noite as chamas chegaram ainda a Vila Velha de Ródão (distrito de Castelo Branco).

Apesar de o grande incêndio que deflagrou na Sertã ter sido dominado, existem três ocorrências ativas que suscitam preocupação por parte da Proteção Civil, incluindo os dois fogos que lavram no distrito de Portalegre - o incêndio de Gavião e o incêndio de Nisa - e o fogo que lavra em Penacova, no distrito de Coimbra.

Sobre os dois fogos em Portalegre, a adjunta de operações da ANPC referiu que estas ocorrências continuam a concentrar o esforço da Proteção Civil, “no sentido de garantir que estes incêndios possam ficar dominados nas próximas horas”.

“Vamos ver o resultado das operações que temos no terreno”, acautelou.

Já o incêndio em Penacova, que deflagrou na quarta-feira à tarde, está a ser combatido por 513 operacionais no terreno, apoiados por 156 meios terrestres e três meios aéreos.

[Notícia atualizada às 12:29]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.