O homem já foi a tribunal para primeiro interrogatório, tendo ficado com pulseira eletrónica e sido proibido de contactos e aproximação à vítima.

Segundo o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, a detenção ocorreu na semana passada e depois de, em menos de 24 horas, a polícia ter apurado que o detido vinha “a aumentar a escalada de violência sobre a vítima”, a quem tirava o telemóvel.

No decorrer da busca a PSP apreendeu ao homem 15 telemóveis.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.