"Neste sábado, vivemos mais um momento de pesar, com a morte do bombeiro Diogo Dias, do Corpo de Bombeiros de Proença-a-Nova, vítima de um acidente de viação durante o combate ao incêndio que deflagrou em Oleiros" pode ler-se na nota de pesar, assinada pelo ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, enviada às redações.

"Neste momento difícil, envio os meus sentidos pêsames à família, amigos e à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova. Manifesto ainda os meus votos de plena recuperação aos quatro bombeiros que ficaram feridos neste mesmo acidente".

Minutos antes, a agência Lusa tinha enviado informação sobre buscas a decorrer em Perna do Galego, concelho da Sertã, onde equipas de busca e salvamento tentavam encontrar o bombeiro desaparecido, segundo informação à agência Lusa por fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Castelo Branco.

O presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, João Lobo, explicou que os cinco bombeiros se encontravam no combate às chamas e que a viatura em que seguiam, quando se deslocavam de um ponto para o outro, capotou.

"Durante uma manobra rebentou um pneu, que criou instabilidade no veículo e capotou", referiu João Lobo, à agência Lusa.

Carlos Pereira, comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, adiantou que o ferido ligeiro foi encaminhado para o hospital de Castelo Branco, e que está no local uma equipa do INEM a prestar assistência ao ferido em estado grave, para posteriormente ser transportado.

Durante a tarde, segundo o responsável da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, registou-se um outro acidente com uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Castelo Branco, que ardeu, em Oleiros, sem qualquer ferido a registar.

O presidente da Câmara Municipal de Oleiros, Fernando Jorge, tinha antes adiantado à Lusa tratar-se de um acidente "perto de Roda", no concelho, de que teriam resultado ferimentos em cinco bombeiros, o que acabou por não se confirmar.

O incêndio deflagrou no concelho às 15:31, em Sardeiras de Baixo, Oleiros, e alastrou aos concelhos vizinhos.

Depois de os sete meios aéreos se terem retirado, com o anoitecer, permanecem no combate às chamas 429 operacionais de corporações de vários distritos, apoiados por 136 viaturas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.