A desabitada Reserva Widi está sediada numa zona marinha protegida na área do "Triângulo de Coral" do leste da Indonésia — e vai estar em leilão através da Sotheby's Concierge Auctions, em Nova Iorque, entre 8 a 14 de dezembro, conta o The Guardian.

Contudo, o anúncio do leilão está a suscitar preocupações quanto ao impacto ambiental para as ilhas, referidas pela Sotheby's como "um dos ecossistemas de atóis de coral mais intactos que restam na Terra e um reino animal de proporções épicas, lar de centenas de espécies raras e ameaçadas", entre elas baleias azuis, tubarões-baleia e "espécies ainda por descobrir".

Assim, a compra das ilhas — não se sabendo o que iria acontecer depois — poderá ameaçar ecossistemas, já que o arquipélago é rico em florestas tropicais, lagoas, lagos e recifes de coral que albergam uma vasta vida marinha.

"Como pode ser garantido que estas ilhas não serão exploradas para atividades turísticas?", questionou o ambientalista local Iwan Sofiawan.

De referir, todavia, que a lei do país impede que as ilhas sejam vendidas a quem não seja indonésio.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.