O dispositivo do INEM para a visita de Bento XVI, entre 11 e 14 de maio, mobilizou mais de 300 profissionais e de 80 viaturas que prestaram apoio ao papa, ao séquito papal e aos participantes nas cerimónias em Lisboa, Fátima e Porto.

O INEM considera que, por este trabalho prestado, tem a receber 66.891,82 euros, a cobrar ao Ministério dos Negócios Estrangeiros, segundo revelou à Lusa fonte do instituto.

Contudo, o montante levantou dúvidas a este ministério que confirmou à agência Lusa não ter ainda chegado a acordo com o INEM “no que respeita a um pedido daquele instituto sobre alegados serviços devidos, por ocasião da visita do Papa Bento XVI”.

Segundo o INEM, este “encontra-se, em conjunto com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, a resolver esta questão que data de 2010”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.