As mesas de voto das eleições autárquicas abriram hoje às 08:00 no continente e na Madeira e 55 minutos depois o líder da IL entregava o seu boletim na secção número 22 da assembleia de voto da freguesia das Avenidas Novas, Lisboa, na Escola Marquesa de Alorna.

“Hoje, o que me compete fazer é apelar ao voto”, disse no final em declarações aos jornalistas, pedindo a todos os portugueses que “venham votar, o vosso direito cívico, tenham essa iniciativa” para que no final do dia se possa “estar a comentar uma redução da abstenção” e não a lamentar mais uma vez “pouca participação cívica”.

Entre os líderes dos partidos com assento parlamentar, Cotrim de Figueiredo foi o primeiro a ir às urnas. Estava previsto que votasse pelas 09:00, mas acabou por chegar ainda mais cedo, prevendo uma fila que não se confirmou.

Este ano, as urnas estarão abertas até às 20:00 e, perante uma escola praticamente vazia, o presidente da IL pediu ainda que os eleitores “não aproveitem o facto de as urnas encerrarem uma hora mais tarde para virem uma hora mais tarde”.

Ainda assim, manifestou-se esperançoso com a redução da taxa de abstenção, como aconteceu há quatro anos, nas últimas eleições autárquicas.

Cotrim de Figueiredo vai terminar o dia no Porto, na sede do partido onde vai decorrer a noite eleitoral, e sobre aquilo que vai fazer até lá disse que os planos com a família ainda não estão fechados, mas “será certamente com alguma atividade desportiva”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.