“Hoje, há seis novos casos positivos a reportar, pelo que a região contabiliza agora um total cumulativo de 154 casos confirmados de covid-19″, pode ler-se no boletim epidemiológico divulgado pela autoridade regional de saúde.

Sobre os novos casos identificados, o documento refere que quatro são importados, provenientes da Polónia e Itália, sendo outros dois de transmissão local detetados no concelho do Funchal, no âmbito da operação de rastreio montada no Aeroporto da Madeira.

No documento, o IASAÚDE acrescenta que “a investigação epidemiológica desta cadeia de transmissão permitiu identificar, até ao momento, nove contactos”, sendo que “dois foram confirmados, dois foram negativos e cinco aguardam resultados”.

“Todos os contactos permanecem em isolamento e a investigação epidemiológica continua em curso”, assegura.

Também menciona que, desde quarta-feira, existem outras duas situações de viajantes que estão em fase de “estudo pelas autoridades de saúde”, estando em curso as análises laboratoriais e investigações epidemiológicas.

O IASAÚDE indica que Madeira mantém um total cumulativo de “118 casos recuperados de covid-19″ e 36 casos ativos, dos quais 29 são situações importadas que foram identificadas na atividades de vigilância em curso no Aeroporto da Madeira e “sete são de transmissão local”.

No que diz respeito à cadeia de transmissão que surgiu no Porto Santo, com origem num caso confirmado na região de Lisboa e Vale do Tejo, de uma visitante que passou férias na ilha e apenas acusou positivo após o regresso ao continente, aponta que “a investigação epidemiológica permitiu identificar, até ao momento, 23 contactos”.

Em relação a estes casos, refere que três testaram positivo, em 15 deram negativo e outros cinco “aguardam os resultados”.

“Todos os contactos permanecem em isolamento e a investigação epidemiológica continua em curso”, assegura a autoridade regional de saúde sobre esta situação verificada no Porto Santo.

Segundo o IASAÚDE, quanto ao total de casos positivos que estão em isolamento na região, 21 pessoas estão a cumprir a medida numa unidade hoteleira e outros 15 estão em alojamento próprio.

Também aponta que, “até à data, 17.547 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, com recurso à aplicação [telemóvel] MadeiraSafeToDiscover, sendo que 7.718 destas pessoas estão em vigilância ativa”.

A mesma nota do instituto refere que, até hoje, “foram contabilizadas na Região Autónoma da Madeira 1.613 notificações de casos suspeitos de covid-19, dos quais 1.459 não se confirmaram”.

Ainda indica que o Laboratório de Patologia Clínica do Serviço Regional de Saúde da Madeira processou 71.425 amostras para o teste de PCR.

Relativamente à operação de rastreio realizada nos portos e aeroportos da Madeira e Porto Santo aos visitantes que chegam à região, a autoridade de saúde madeirense reporta um total cumulativo de 39.391 colheitas para teste à covid-19 realizadas até às 17:00 de hoje.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 826 mil mortos e infetou mais de 24,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.809 pessoas das 56.673 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.