Numa visita que hoje fez ao local, a governante explicou que esta é a altura certa para proceder a este tipo de trabalhos.

"Chegado o outono é altura de reflorestar, pelo que o Governo Regional terminou agora a reflorestação do Parque do Montado do Pereiro com 55 hectares e foram plantadas 25 mil plantas", disse.

Explicou também que "foram plantadas espécies indígenas e exóticas folhosas, porque o objetivo é travar a erosão do solo, tornar a floresta mais resistente aos fogos e valorizar a paisagem".

Foram usadas espécies indígenas como o loureiro, til, estreleira, vinháticos e faia das ilhas - e plantas não indígenas, mas folhosas, como o castanheiro, carvalho, faia europeia e nogueira.

Susana Prada realçou que "este é um trabalho que é feito após o período de verão, em que se procede à limpeza da floresta" e que demorou cerca de um mês e meio o período de reflorestação do espaço.

A governante diz que estão a ser feitas outras reflorestações em outros locais da ilha que serão oportunamente mostrados.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.