Entre 21 de abril de 2016 e 09 de fevereiro deste ano, foram contabilizadas 352 empresas com “planos de recuperação homologados no âmbito de processos de revitalização”, segundo o gabinete de comunicação daquele ministério.

O programa Revitalizar foi lançado há cinco anos e consiste num plano integrado de apoios para ajudar as empresas que estão em risco de insolvência, mas que são consideradas economicamente viáveis.

De acordo com o Ministério da Justiça, os dados estatísticos são disponibilizados desde 21 de abril passado porque foi a data em que foi criado “com tipologia própria no SIRCOM [Sistema Integrado do Registo Comercial]”.

Com base nestes dados, conclui-se que outubro do ano passado foi o mês que registou o maior número de empresas a recorrer ao Processo Especial de Revitalização, num total de 57, sendo que em setembro este número atingiu as 43.

Em novembro, o número de empresas que viu o seu plano de recuperação homologado ascendeu a 40, sendo que em dezembro totalizou 32.

Desde que o ano começou, até 09 de fevereiro, foram aprovados 45 planos de recuperação, sendo que 37 registaram-se em janeiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.