A petição na plataforma Change.org intitulada ‘Impeach De Blasio’ (Destituam De Blasio) tenta chegar às 150.000 assinaturas, o dobro das registadas na terça-feira, quando de um dia para o outro mais de 20 mil pessoas a subscreveram.

O ‘mayor’ de Nova Iorque decretou na terça-feira o recolher obrigatório até ao próximo domingo, depois dos confrontos entre manifestantes e polícias e das pilhagens a lojas, ocorridos no nos passados domingo e segunda-feira, com centenas de detenções.

Os incidentes estão relacionados com protestos contra a morte do afro-americano George Floyd às mãos de um polícia de Minneapolis, no Estado do Minnesota.

Na apresentação da iniciativa os distúrbios raciais não são mencionados por ter sido escrita no ano passado, algo que fica evidente quando se lê que De Blasio “planeia” apresentar a candidatura às primárias democratas — das quais se acabou por retirar — e na qual se lê que o país não o pode ter de novo nos próximos dois anos”.

De Blasio, ‘mayor’ desde 2014, foi reeleito em 2017 e termina o mandato em 2021.

George Floyd, um afro-americano de 46 anos, morreu em 25 de maio, em Minneapolis (Minnesota), depois de um polícia branco lhe ter pressionado o pescoço com um joelho durante cerca de oito minutos numa operação de detenção, apesar de Floyd dizer que não conseguia respirar.

Desde a divulgação das imagens nas redes sociais, têm-se sucedido os protestos contra a violência policial e o racismo em dezenas de cidades norte-americanas, algumas das quais foram palco de atos de pilhagem.

Pelo menos quatro mil pessoas foram detidas e o recolher obrigatório foi imposto em várias cidades, incluindo Washington e Nova Iorque, mas diversos comentários do Presidente norte-americano, Donald Trump, contra os manifestantes têm intensificado os protestos.

Os quatro polícias envolvidos no incidente foram despedidos, e o agente Derek Chauvin, que colocou o joelho no pescoço de Floyd, foi detido, acusado de assassínio em terceiro grau e de homicídio involuntário.

A morte de Floyd ocorreu durante a sua detenção por suspeita de ter usado uma nota falsa de 20 dólares (18 euros) numa loja.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.