"É com a maior tristeza que, em nome do Povo Português e em meu próprio, apresento a Vossa Excelência e por esta via aos familiares das vítimas, as mais sentidas e sinceras condolências pela crise sísmica que provocou dezenas de mortes e feridos na região centro de Itália", refere a mensagem do chefe de Estado, divulgada na página da Presidência na Internet.

"Quero transmitir a Vossa Excelência a solidariedade de todos os Portugueses para com o povo italiano e, em particular, para os habitantes das cidades mais afetadas por este sismo", acrescenta Marcelo Rebelo de Sousa.

Pelo menos 37 pessoas morreram na sequência do sismo de magnitude 6,2 que sacudiu, esta madrugada, o centro de Itália, havendo um número indeterminado de feridos, segundo a Proteção Civil italiana.

O terramoto, que ocorreu às 03:36 (02:36 em Lisboa), a sudeste de Norcia, cidade da província de Perugia, teve o epicentro a dez quilómetros de profundidade, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitoriza a atividade sísmica mundial.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.