A duração do encontro entre Francisco e Milei foi invulgar, segundo as agências internacionais, uma vez que os encontros do líder da Igreja Católica com chefes de Estado não ultrapassam normalmente os 40 minutos.

De acordo com um comunicado da Santa Sé, conversaram sobre as medidas de Milei para enfrentar a crise económica que afeta a Argentina.

Ambos se tinha abraçado no domingo no final da missa de canonização da primeira santa argentina, María Antonia de Paz y Figueroa, popularmente conhecida como ‘Mamã Antula’.

Milei presenteou o Papa com alfajores de doce de leite e biscoitos de limão da marca preferida do Papa, segundo fontes da presidência argentina.

Além disso, entregou-lhe uma pasta com uma cópia da carta manuscrita do Chanceler José María Gutiérrez a Juan Bautista Alberdi acreditando-o como representante na Europa, que data de maio de 1854, e uma fotografia com o postal comemorativo da “Mamá Antula” que os Correios argentinos distribuíram por ocasião da sua beatificação em agosto de 2017.

Por sua vez, o Papa entregou a Milei um medalhão de bronze com uma representação do Baldaquino de São Pedro, que representa a harmonia entre o sagrado e o divino, unindo o céu e a terra numa única visão e no centro do qual brilha a pomba do Espírito Santo, símbolo de unidade, força e inspiração para a Igreja, como se pode ler num pergaminho que acompanhava o presente.

Entregou-lhe também os seus principais livros e a Mensagem do Dia Mundial da Paz deste ano.

A comitiva de Milei incluía a sua irmã Karina, Secretária-Geral da Presidência, a chefe da diplomacia, Diana Mondino, e os ministros do Interior e do Capital Humano, Guillermo Francos e Sandra Pettovello, bem como o rabino Axel Wahnish, embaixador designado em Israel, e o anunciado Secretário do Culto, Francisco Sánchez.

Milei chegou às 08h57 ao Pátio de São Dâmaso – depois de ter parado o carro oficial na Via della Conciliazione para saudar um grupo de argentinos que se tinham reunido nas imediações do Vaticano – e foi recebido por Monsenhor Leonardo Sapienza, Prelado da Casa Pontifícia, que o conduziu à biblioteca privada do Palácio Apostólico, onde o encontro decorreu sem câmaras nem jornalistas.

A agenda de Milei no Vaticano incluíu também um encontro com o Cardeal Secretário de Estado Pietro Parolin.

Fora do Vaticano, Milei tem um encontro com a primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, e com o Presidente de Itália, Sergio Mattarella.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.