“O Governo, este Governo, já canalizou para o hospital 23 milhões de euros, 19 milhões de euros são para o pagamento da obra e três milhões de euros são para o capital estatutário”, disse no final de uma reunião com as várias entidades envolvidas no processo.

Além disso, Marta Temido estimou que as crianças com doenças oncológicas sejam realojadas para uma área do edifico principal do São João a partir de abril ou maio, até à conclusão da obra da nova ala pediátrica.

Contudo, a titularidade da obra pertence à Associação O Joãozinho, cujo presidente garantiu à saída do encontro que não irá abdicar dela por estar “farto” das promessas do Governo e por entender que o Ministério da Saúde não é sério.

O presidente da associação, Pedro Arroja, anunciou ainda que irá interpor uma ação judicial na próxima semana contra o hospital de São João para que desimpeça o espaço destinado à ala pediátrica para prosseguir com as obras.

Confrontada com isto, a ministra da Saúde disse ter ainda a convicção que a associação perceba que existe verba, um projeto quase concluído e que não é por indisponibilizarem o acesso ao local, que é do Ministério, que não irão fazer acontecer o hospital pediátrico integrado.

O que move o Governo é os “meninos do Porto e Norte do país” que precisam de recorrer a este serviço, sendo neles que estão focados, sublinhou.

Acusada de ser “pouco séria” por Pedro Arroja, Marta Temido não quis comentar essa observação, dizendo que a obra não se pode fazer sem projeto, projeto esse que está a ser elaborado.

Elencando a calendarização da obra, a ministra revelou que o projeto deverá estar concluído em finais de abril, depois seguir-se-á a revisão do projeto por uma equipa externa, de seguida há o lançamento do concurso público por ajuste direto e, finalmente, o arranque das obras.

O internamento oncológico e geral de pediatria do São João funciona em contentores provisórios desde 2011 e o parlamento aprovou em novembro, por unanimidade, a proposta de alteração do PS ao Orçamento do Estado para 2019, de forma a prever o ajuste direto para a construção da Ala Pediátrica.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.