“Em média, seis em cada dez pessoas em Nampula têm o parasita da malária”, referiu o diretor do Programa Nacional de Combate à Malária, Baltazar Candrinho, citado hoje pela Agência de Informação de Moçambique (AIM).

De acordo com os números, a província de Nampula é a que tem maior prevalência da doença em Moçambique, o que justifica a instalação do laboratório, acrescentou.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.