Jens Nygaard Knudsen, que criou o icónico boneco da empresa dinamarquesa Lego, morreu neste sábado aos 78 anos.Knudsen sofria de esclerose lateral amiotrófica e a sua morte decorreu de complicações geradas pela doença.

O designer morreu uma semana após ter sido internado num centro de tratamento para esta doença degenerativa, explicou Niels Milan Pedersen, que trabalhou com ele na Lego.

"A sua imaginação era fantástica. O seu cérebro era como um furacão, tinha muitas ideias", disse Milan Pedersen à AFP.

Nygaard Knudsen foi funcionário da Lego entre 1968 e 2000, e, na década de 1970, trabalhou na minifigura com braços e pernas móveis que se tornou icónica, até que foi lançada em 1978.

De acordo com a Lego, quando o boneco  foi criado, decidiram que, além do rosto amarelo, com uma expressão feliz, não teria sexo ou raça definida, para que essas características fossem "determinadas pela imaginação ou pela brincadeira da criança".

"Era um homem de ideias. O boneco foi criado para que houvesse vida nas casas", disse à TV2 a sua viúva, Marianne Nygaard Knudsen.

A Lego, fundada em 1932 por Ole Kirk Christiansen, começou a tornar-se uma grande marca internacional de brinquedos de montar a partir de 1958. Atualmente, emprega mais de 17.000 pessoas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.