Este acordo coloca um ponto final na sua batalha com o fisco espanhol. Segundo a publicação, existia desde maio um acordo verbal entre o agora treinador do Manchester United e o Ministério Público.

Agora sabe-se que Mourinho irá declarar, por escrito, que ocultou do fisco as receitas relativas aos seus direitos de imagem correspondentes aos anos de 2011 e 2012.

Estes atos serão punidos com seis meses de prisão por cada ano de infração e uma multa que ascende a 60% do valor ocultado, nomeadamente, 966.922,56 euros referente ao exercício fiscal de 2011 e 1.015.879,83 euros referentes a 2012.

De recordar que Mourinho já tinha tentado colocar um ponto final neste caso quando pagou 4,4 milhões de euros ao fisco (2014), mas este foi reaberto na sequência do escândalo Football Leaks.

Escreve o El Mundo que o Fisco não se opõe a um ajuste face ao valor já pago, mas que, segundo contas de pessoas ligadas ao processo, o treinador português ainda deve pagar 225.454,11 euros referentes a 2011 e 236.869,31 referentes a 2012, aos quais acrescem 180 mil euros que correspondem a uma multa pela suspensão  da pena.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.