Apesar de ter entrado bem no Europeu, depois de uma confortável vitória frente à Hungria, a seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, na segunda jornada deste Europeu.

Em 36 jogos em Europeus e 30 em Mundiais, Portugal nunca tinha perdido um jogo sem prolongamento depois de estar na frente do marcador. Mas esse registo foi quebrado hoje.

Foi também este sábado que Cristiano Ronaldo apontou o seu primeiro golo à Alemanha, à quinta tentativa. O capitão das quinas igualou assim o alemão Miroslav Klose como o jogador europeu com mais tentos em campeonatos da Europa e do Mundo.

Ronaldo conta agora com 19 golos em fases finais de grandes competições, ao somar o 12.º em Europeus. São mais três do que o segundo da tabela, Michel Platini.

Num jogo que até começou bem com um golo de Cristiano Ronaldo aos 15 minutos, com pouco mais de meia hora de jogo, a Alemanha revirava o marcador em menos de cinco minutos, mas com ajuda portuguesa, com autogolos de Rúben Dias, aos 35, e Raphaël Guerreiro, aos 39.

Já na segunda parte, foram Kai Havertz, aos 51, e Robin Gosens, aos 60, que voltaram a faturar para os alemães. Mas Portugal ainda reagiu e pouco depois, mais precisamente aos 67 minutos, Diogo Jota reduziu a vantagem alemã, para 4-2.

Mas como disse o primeiro-ministro na sua conta oficial do Twitter: “A seleção de Portugal demonstrou capacidade de luta e entrega até ao último segundo. É com esse espírito que estou certo vamos encarar os próximos jogos”.

“É nos momentos mais difíceis que temos de puxar pela nossa seleção. Força Portugal!”, disse ainda.

Ora, caso tivesse vencido frente à Alemanha, Portugal garantia o apuramento, mas com esta derrota continua tudo em aberto para a última jornada da fase grupos.

E o que quer isto dizer? Significa apenas que ainda tudo pode ser possível: Portugal pode acabar em primeiro, segundo, terceiro ou quarto lugar do grupo. A parte positiva é que só depende de si para se apurar.

Basta uma vitória frente à França, num jogo que relembrará a final do Euro 2016, e Portugal ficará apurado em primeiro ou segundo lugar, sem necessidade de grandes cálculos.

A seleção também poderá passar em caso de empate ou até mesmo de derrota, mas aí Portugal teria recorrer à calculadora.

Em caso de empate, a passagem não é garantida, mas com quatro pontos Portugal poderá apurar-se em segundo lugar ou como um dos quatro melhores terceiros da competição. Mas tal dependerá dos resultados dos restantes grupos. No entanto, quando entrar dentro das quatro linhas Portugal poderá já saber se o empate será suficiente para passar aos oitavos de final.

Em caso de derrota, as contas complicam-se, mas mesmo assim a passagem não é impossível, desde que haja uma vitória ou empate da Alemanha frente à Hungria, para que a Hungria não fique em terceiro, e depois ainda dependerá da classificação dos quatro melhores terceiros na fase de grupos.

Tendo em conta que a França venceu a Alemanha, empatou com a Hungria e Portugal perdeu com a Alemanha, mas venceu a Hungria, o grupo parece imprevisível. Apenas uma coisa é certa, Portugal tem de jogar com França e resta-nos esperar uma vitória simples que livre a seleção de cálculos e da dependência de resultados de terceiros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.