Como escreve a AP, de Nova Orleães a Hong Kong, da África subsaariana à Índia, chegaram de todo o mundo as mensagens de crianças preocupadas com as mudanças climáticas. Ao todo participaram centros escolares de 35 países.

As mensagens, cerca de 125 mil, foram dispostas em forma quadrangular para criar o maior postal do mundo sobre o glaciar Aletsch, nos Alpes suíços, a mais de 3.400 metros de altitude.

A ação foi organizada pela Direção de Desenvolvimento e Cooperação suíça e pela Fundação WAVE (World Advanced Vehicle Expedition), na véspera da conferência sobre o clima COP24, que será realizada na Polónia pela ONU.

A escolha do local não foi por acaso: aquele que é o mais longo e profundo glaciar dos Alpes poderá não aguentar até ao final do século se a tendência para o aquecimento global se mantiver.

O conjunto plastificado foi estendido num quadrado de 2.500 m2, no qual se pode ler duas mensagens em inglês "STOP GLOBAL WARMING # 1.5 °C" ("Parem o aquecimento global # 1,5°C") e "WE ARE THE FUTURE GIVE US A CHANCE" ("Somos o futuro, dêem-nos uma oportunidade").

A iniciativa visou também entrar nos recordes do Guinness como "o postal com mais contribuições", mas a organização diz que a tentativa não foi registada. O atual recorde está situado nas 16.000.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.