Oferta de ajuda ou ameaça? Conversa entre Trump e Peña Nieto traz de volta 'bad hombres'

Este artigo tem mais de 3 anos
O Presidente dos EUA disse ao homólogo mexicano que estava disponível para enviar o exército norte-americano para o México para lidar com os "bad hombres" [homens maus].
Oferta de ajuda ou ameaça? Conversa entre Trump e Peña Nieto traz de volta 'bad hombres'
Agencia Lusa

De acordo com transcrições citadas pela Associated Press da conversa entre o Presidente do México, Peña Nieto, e Donald Trump, o presidente dos EUA terá dito ao seu homólogo: "Você tem uma cambada de 'bad hombres' [homens maus] aí. Vocês não estão a fazer o suficiente para os travar. Eu acho que os vossos militares têm medo. O nosso exército não, então talvez eu os envie aí para baixo para tratar do assunto".

A frase - que pode ser entendida como uma oferta de ajuda ou uma ameaça velada - teve lugar no telefonema entre os dois líderes depois de Peña Nieto cancelar a sua visita aos EUA.

O cancelamento surgiu depois de Donald Trump ter assinado uma ordem executiva para destinar fundos federais à construção de um muro entre a fronteira entre os Estados Unidos e o México e de ter insistido que será o país liderado por Nieto a pagar, nem que seja de forma indireta.

A construção deste muro fronteiriço foi uma das propostas mais polémicas de Trump durante a campanha eleitoral para as presidenciais de novembro de 2016.A tensão entre os dois escalou quando Trump disse que "se o México não quiser pagar o muro tão necessário, é melhor que [Nieto] cancele a sua próxima visita [aos EUA]", afirmou o Presidente norte-americano no Twitter.

E Nieto cancelou.

Depois, Trump sugeriu que o muro fosse financiado impondo um imposto de 20% sobre todos os bens provenientes do México.

A escalada continuou, com Trump a afirmar que “o México se aproveitou dos EUA durante demasiado tempo. Enormes défices comerciais e a pouca ajuda na muito débil fronteira, isso deve mudar, AGORA”, escreveu o presidente dos EUA no Twitter.

Seguiu-se a dita conversa telefónica entre os dois líderes, sendo que o tom da mesma não é conhecido. Também não é claro quem são estes "homens maus" a que Trump se refere, escreve o The Guardian.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.
mookie1 gd1.mookie1