A ONU condenou, esta segunda-feira, dia 2, o comportamento de alguns dos membros da Missão de Paz em vigor na Colômbia, que foram filmados a dançar com guerrilheiros das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia).

"Este comportamento é impróprio e não reflete os valores do profissionalismo e imparcialidade da Missão, declarou um oficial, acrescentando que "vão ser adotadas medidas".

Vários meios de comunicação publicaram no domingo um vídeo no qual se observa integrantes da missão das Nações Unidas a dançar com guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) durante as comemorações de final de ano em de la Guajira.

Os membros da missão estão encarregados de monitorar o cumprimento do cessar-fogo bilateral, vigente desde agosto e acertado no acordo de paz para acabar com meio século de conflito armado.

Juan Manuel Santos assinou em outubro de 2016, um acordo de paz com a guerrilha das FARC, depois de quase quatro anos de negociações.

O acordo foi inicialmente firmado a 26 de setembro, e era suposto ter sido ratificado no referendo de 02 de outubro, mas os eleitores rejeitaram a proposta, deixando o país entre a guerra e a paz.

Cinco dias depois, Santos era anunciado vencedor do Prémio Nobel da Paz.

O Governo e os rebeldes das FARC acabariam por renegociar e assinar um acordo a 24 de novembro.

O conflito de cinco décadas na Colômbia matou mais de 260 mil pessoas, deixou 45 mil desaparecidos e forçou quase sete milhões de pessoas a saírem das suas casas.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.