"Hoje damos graças ao Senhor pelos nossos novos Santos. Eles caminharam na fé e agora invocamos a sua intercessão", pode ler-se no tweet do Santo Padre.

O tweet surgiu depois de, numa única cerimónia, Francisco proclamar cinco novos Santos: a Irmã Dulce, a primeira santa brasileira; o cardeal britânico John Henry Newman, um anglicano convertido ao catolicismo no século XIX; a religiosa italiana Giuseppina Vannini; a indiana Maria Teresa Chiramel e a suíça Marguerite Bays.

Utilizando a hashtag #Saints, acompanhada do emoji da flor-de-lis — entretanto corrigido —, muitas foram as reações na internet, incluindo por parte do clube americano New Orleans Saints, que conta com 1,5 milhões de seguidores no Twitter.

"Não poderíamos perder depois disto. Abençoados e altamente favorecidos", lê-se por parte do clube que tem como símbolo a flor-de-lis. 

Contudo, este é também um símbolo utilizado na Igreja Católica, podendo significar, por exemplo, as três pessoas da Santíssima Trindade: o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Quanto ao "engano" do Papa, talvez o mistério seja simples de resolver: ao escrever #Saints no Twitter, a primeira sugestão automática que aparece vem acompanhada da flor-de-lis... e basta um clique em vão para apoiar uma equipa de futebol americano.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.