O cordão humano vai decorrer às 19:00 e é uma ação promovida em conjunto pela Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG), os Bombeiros Voluntários de Castanheira de Pera (corporação da qual fazia parte) e o Sport Castanheira de Pera e Benfica (onde foi jogador), disse à agência Lusa a presidente da AVIPG, Dina Duarte.

A homenagem a Gonçalo Conceição, mais conhecido por ‘Assa', vai ligar o quartel dos Bombeiros Voluntários ao Sport Castanheira de Pera e Benfica, acrescentou.

"É uma homenagem ao bombeiro e uma evocação do ‘Assa'", salientou Dina Duarte, recordando que o bombeiro, que sofreu queimaduras graves após um acidente do autotanque dos bombeiros onde seguia, faleceu no dia 19 de junho de 2017, dois dias depois do incêndio ter deflagrado, no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

Face à pandemia da covid-19, as pessoas que se associarem ao momento não vão dar as mãos, antes segurar uma "corda de sisal dos bombeiros voluntários", num percurso que terá cerca de 150 a 200 metros.

Aos participantes, é pedido para levarem uma t-shirt branca e uma máscara.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.