"Amanhã [quinta-feira], em Conselho de Ministros, já faremos a aprovação da constituição desse fundo e já acordámos com Pedrógão Grande e com os outros municípios" (Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera), afirmou o ministro do Planeamento e das Intraestruturas, Pedro Marques, em frente aos Paços do Concelho de Pedrógão Grande.

O governante manifestou um grande reconhecimento aos portugueses neste enorme esforço nacional de solidariedade e disse que o Governo irá procurar coordenar todos os apoios recebidos, nomeadamente financeiros, para a criação deste fundo que será articulado com os três municípios.

"Queremos dar um destino coordenado a este grande esforço de solidariedade", frisou.

Pedro Marques explicou ainda que, numa primeira fase, havia a urgência do combate aos incêndios que mobilizou todas as forças e que foi objeto de "grande coesão".

Agora, acrescentou, entra-se numa fase que já permite avançar para a reconstrução.

"O primeiro-ministro e eu próprio, tínhamos assumido aqui, no domingo, o compromisso que assim que houvesse condições vínhamos aqui começar a tratar da reconstrução e criar condições de vida para estas comunidades e de recuperação dos seus empregos e das suas vidas", sustentou.

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas adiantou ainda que o tempo é de homenagem aos que partiram no trágico incidente: "uma forma de os homenagear é cuidar das suas famílias e recuperar a situação das suas famílias. É o que estamos a procurar fazer".

[Notícia atualizada às 16:40]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.