Na quarta-feira, dois aviões de combate indianos foram derrubados quando sobrevoavam o espaço aéreo paquistanês.

Os pilotos ejetaram-se e foram capturados, sendo que um deles se encontra internado num hospital militar do Paquistão devido a ferimentos.

O outro piloto, o comandante Abhinandan Varthaman, foi transportado sob escolta militar para a cidade de Lahore para ser devolvido hoje à União Indiana através da fronteira de Wagah.

No lado indiano da fronteira encontra-se um grupo numeroso de polícias e populares que saúdam a chegada do piloto, empunhando ramos de flores e bandeiras da União Indiana.

Islamabad comunicou que a entrega do comandante do avião de combate é um “gesto de paz” para evitar tensões e uma nova guerra entre a Índia e o Paquistão.

A escalada militar intensificou-se depois de a União Indiana ter anunciado o bombardeamento de um campo de treino de um grupo de extremistas islâmicos em solo paquistanês, apontado como responsável pela morte de mais de quatro dezenas de polícias indianos em Caxemira, no mês de fevereiro.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.