Em causa está a “Operação Pico Ruivo”, levada a cabo pela Polícia Judiciária (PJ) através do Departamento de Investigação Criminal da Madeira e desencadeada no passado fim de semana, após uma investigação de quatro meses.

Na operação, refere o comunicado da polícia, foi detida uma mulher de 55 anos, residente na zona da Grande Lisboa, "em flagrante delito, na posse de cerca de 10 quilos de heroína, momentos depois de ter desembarcado no Aeroporto da Madeira".

"Trata-se da maior apreensão de heroína registada na Região Autónoma da Madeira, sendo a quantidade apreendida suscetível de corresponder a aproximadamente 120.000 doses individuais", refere o comunicado.

A detida foi presente às autoridades judiciárias competentes, para interrogatório, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva, a mais gravosa.

As investigações prosseguem a cargo da Polícia Judiciária.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.