Em comunicado publicado na sua página da internet, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) explica que esta operação tinha como objetivo de “interceder diretamente junto de aglomerados de cidadãos que se concentravam nas praias da Arrábida”.

“Os elementos da Polícia Marítima detetaram dezenas de aglomerados de jovens que se concentravam nos areais, junto de rochedos e vegetação das praias da Arrábida, designadamente no Creio (Portinho da Arrábida), Coelhos, Galapinhos, Figueirinha e Albarquel, em convívio”, adianta a AMN.

A nota acrescenta que a Polícia Marítima de Setúbal “abordou os jovens no sentido de os sensibilizar para o cumprimento das regras” e que estes “acataram as indicações das autoridades e acabaram por dispersar”.

Entretanto, após o término desta operação a Polícia Marítima levou a cabo uma ação para localizar um homem que se encontrava encalhado no ilhote do Cambalhão, a bordo de uma embarcação de recreio.

Segundo a AMN, o homem foi localizado no areal do ilhote e tentava proteger-se do frio com toalhas de praia molhadas.

“O homem encontrava-se calmo e sem ferimentos, tendo sido transportado em segurança para a marina de Troia”, conclui a nota.

Portugal regista hoje mais dois mortos relacionados com a covid-19 do que no sábado e mais 292 infetados, a maioria na Região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.