“Foi uma execução a tiro. Ele foi abandonado no meio de uma rodovia”, disse o delegado da polícia de Queluz, Celso Carriço, adiantando que o português se encontrava com os documentos.

O homicídio ocorreu na passada quinta-feira, por volta das 21:00 horas locais (meia-noite em Lisboa), afirmou.

O delegado não soube avançar dados sobre a situação do português no Brasil, estando ainda a aguardar informações oficiais.

Quanto à motivação do crime ou possíveis suspeitos, Celso Carriço respondeu que só agora estão a começar as investigações.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.