“Caros amigos britânicos, um ‘addio’ (adeus) italiano é uma palavra demasiado definitiva, por isso, junto com os meus colegas, direi apenas ‘arrivederci’ (até breve)”, afirmou o responsável transalpino.

No final do debate e votação, foram vários os representantes britânicos que assinalaram a ocasião, tendo ecoado no hemiciclo a nostálgica canção tradicional do folclore britânico, com origem num poema escocês, “Auld Lang Syne”.

“Entristece-me pensar que chegamos a este ponto e que um membro há muito tempo, parceiro e amigo tenha decidido deixar a família da UE. Em nome do PE, quero expressar a nossa profunda admiração e gratidão aos colegas britânicos e à sua contribuição ao longo dos anos. A sua presença enriqueceu a instituição e teremos saudades”, disse Sassoli.

Muitos parlamentares deram as mãos e trocaram abraços, alguns deles visivelmente emocionados.

“Obviamente, respeitamos e aceitamos completamente a decisão do povo do Reino Unido e o seu desejo de construir um futuro diferente fora da UE. Continuaremos amigos próximos e parceiros. O que temos em comum, da história e geografia partilhadas aos valores, vai levar-nos a cooperar de forma próxima em quase todas as áreas. Contudo, a relação vai ser diferente, algo inevitável, e, de certa maneira, imprevisível”, afirmou ainda o presidente do PE.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.