No dia em que o Instituto Nacional de Estatística (INE) anunciou que o crescimento económico em Portugal foi de 2,7% no ano passado, César aproveitou o debate quinzenal, no parlamento, para fazer um duro ataque aos partidos da oposição, PSD e CDS.

“São esses bons resultados que a oposição faz por não reconhecer e nestes debates faz por não debater. Este debate, mais uma vez, demonstrou que a oposição tem horror ao sucesso do Governo. E trata esse sucesso como se ele não fosse o sucesso do país”, afirmou no debate.

O líder parlamentar e presidente do PS recordou que Portugal está a viver o “crescimento mais sustentável da década”, a crescer “mais do que média da zona euro” e lembrou que está, de novo, em convergência com a União Europeia, “17 anos depois”.

E sublinhou que foi com este governo do PS, “apoiado pelos partidos à sua esquerda”, que subiram os índices de confiança dos empresários na economia portuguesa.

Antes de César, falou o deputado Alexandre Quintanilha, que fez a defesa da interligação entre o ensino superior, as empresas, a inovação e a valorização das carreiras científicas em Portugal.

Para o deputado do PS, é "cada vez mais notória a tendência na atração de investimentos estrangeiros de empresas tecnológicas em Portugal" e hoje "estão a vir para o país não apenas para baixar custos, mas para encontrarem talento, e trabalharem em Portugal com uma geração altamente qualificada".

O professor universitário lembrou o caso do investimento da Google em, Oeiras, Lisboa, que prevê criar "mais de 500 empregos", a que se se juntam empresas como "a Vestas (energias renováveis), ou a Amyris, que está a abrir um centro europeu de desenvolvimento na área da biotecnologia, ambas no Porto".

E estimou que existem dezenas de outras empresas em Lisboa, Porto, Braga, Guimarães, Fundão, Sintra e Oeiras "nos mais variados domínios e onde milhares de novos empregos estão a ser criados".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.