Na quarta-feira, no final da reunião da Comissão Política Nacional (CPN) do PSD, José Silvano já tinha adiantado que o órgão máximo do partido entre Congressos iria reunir-se na última semana de outubro ou no início de novembro, com vista à marcação das eleições diretas e do Congresso.

Uma vez que a 01 de novembro se assinala o feriado de Todos os Santos, numa sexta-feira, originando um fim de semana prolongado, a direção entendeu marcar o Conselho Nacional para a sexta-feira seguinte, dia 8, num hotel em Bragança.

Numa publicação na rede social Twitter, na quinta-feira, o presidente do PSD, Rui Rio, justificou a escolha do local da reunião: "Nas recentes eleições, o melhor resultado do PSD foi no distrito de Bragança. Seria justo realizar lá o nosso Congresso. Como não há instalações para acolher uma reunião de tal dimensão, o mínimo que podemos fazer é realizar em Bragança o próximo Conselho Nacional".

Rui Rio anunciou hoje que é recandidato ao cargo de líder do PSD, duas semanas depois de, na noite eleitoral de 06 de outubro, ter dito que ia avaliar com “calma e ponderação” o seu futuro político.

O presidente do PSD é o terceiro candidato assumido à liderança do partido, depois de, em 09 de outubro, três dias depois das eleições, o antigo líder parlamentar Luís Montenegro ter anunciado a sua candidatura nas próximas diretas, e, na passada sexta-feira, o antigo líder da distrital de Lisboa Miguel Pinto Luz também ter avançado para esta disputa.

Uma vez que o próximo Conselho Nacional do PSD se irá realizar jna próxima legislatura, já não terão assento na reunião de Bragança - nem sequer como observadores - deputados que têm sido críticos de Rio, casos de Hugo Soares, Miguel Morgado, Maria Luís Albuquerque, Carlos Abreu Amorim, Teresa Morais ou Paula Teixeira da Cruz.

Nas legislativas de 06 de outubro, o PSD obteve 27,7% dos votos (correspondentes a 79 deputados), contra 36,3% do PS (108 deputados).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.