O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta quarta-feira ao secretário-geral da ONU, António Guterres, durante um telefonema, que a "prioridade" deveria ser enviar grãos ucranianos para os países mais necessitados, disse o Kremlin.

Durante a conversa dos dois homens, "as atenções concentraram-se principalmente na implementação dos acordos de Istambul sobre a exportação de grãos ucranianos. Ambos os lados enfatizaram a importância de atender às necessidades, prioritariamente, daqueles em África, Oriente Médio e América Latina que precisam de comida", revelou a presidência russa em comunicado.

Outro assunto discutido entre ambos foi a questão que envolve a central nuclear de Zaporijia, com Putin a assegurar a cooperação entre a Rússia e a delegação da AIEA que está presente no local.

"A situação em torno da central nuclear foi discutida, inclusive no contexto dos resultados da visita da delegação da AIEA (Agência Internacional de Energia Atómica ou Atómica) a 1º de setembro. Vladimir Putin fez uma avaliação positiva da cooperação construtiva com a agência e falou sobre as medidas tomadas pela Rússia para garantir a segurança e proteção física das instalações do ZNPP", disse o Kremlin.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.