Das 619 escolas públicas e privadas que levaram alunos a exame na disciplina de Português do 12.º ano, 512 tiveram uma nota média igual ou equivalente a 10 valores, de acordo com uma análise feita pela Lusa a dados do Ministério da Educação relativos aos exames nacionais de 2017.

Os dados revelam uma melhoria das notas quando comparados com os resultados de 2016, ano em que 72% dos estabelecimentos de ensino tiveram média positiva.

Os colégios voltaram a ocupar os primeiros lugares da tabela realizada pela Lusa, onde a primeira escola pública aparece apenas em 9.º lugar, graças ao trabalho dos 61 alunos da Escola Secundária de Castro de Aires, em Viseu, que conseguiram uma média de 13,81 valores.

Os cinco primeiros lugares do ‘ranking’ são ocupados por colégios de Lisboa e do Porto: o Colégio São João de Brito e a Academia de Música de Santa Cecília, ambos na capital, são as duas primeiras escolas da lista, a que se segue os colégios Nossa Senhora do Rosário e o Amorim, ambos no Porto.

Em quinto lugar aparece o Colégio Bartolomeu Dias, em Lisboa, que é o último estabelecimento de ensino com uma média superior a 14 valores (a média dos 340 exames realizados pelos alunos destas cinco escolas foi de 14,55 valores).

Os alunos do distrito de Castelo Branco foram os que conseguiram ter melhores desempenhos nesta prova, seguindo-se os estudantes nortenhos de Viseu, Braga, Porto e Viana do Castelo.

No ano passado, o exame de Português do 12.º ano foi realizado por mais de 56 mil alunos, tendo as raparigas voltado a ter melhores resultados do que os rapazes: elas tiveram uma média de 11,54 valores e eles de 10,54.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.