"O corpo estava completamente intacto. O cadáver foi entregue ao Instituto de Medicina Legal do condado de Orange para uma autópsia", anunciou à imprensa o xerife Jerry Demings.

A criança foi arrastada para a água na terça-feira à noite, por volta das 21h locais, numa praia do lago no "Grand Floridian Resort and Spa", dentro do grande complexo da Disney. O pai correu para dentro d'água e lutou com o animal, mas não conseguiu resgatar o filho, disseram os oficiais.

A tragédia no complexo da Disney é o mais recente horror que abate a "cidade das férias" na Flórida, que já sofre com o massacre de domingo numa discoteca gay onde 49 pessoas foram mortas - o maior tiroteio em massa na história americana.

O Walt Disney World informou ter fechado todas as praias e marinas dos seus resorts na Flórida por precaução depois do acidente - o primeiro mortal em 45 anos. Uma operação de busca e resgate foi lançada logo após o ataque. Demings disse que 50 pessoas trabalhavam para achar o corpo.

A criança fazia parte de uma família de cinco pessoas, originários do estado de Nebraska, e estavam a aproveitar o dia no lago artificial. O 'Grand Floridian' faz parte do enorme complexo de resorts da Disney, que inclui diversos parques temáticos, parques aquáticos, hotéis e pistas de golfe.

"Todos do Walt Disney World Resort estão devastados por esse trágico acidente", disse a diretora de comunicação, Jacquee Wahler, no início do dia. "Estamos a prestar auxílio à família e a fazer tudo o que podemos para ajudar no cumprimento da lei", ressaltou.

Cinco jacarés capturados na busca

A equipa utilizou um sonar e iluminou a área durante a madrugada, enquanto um helicóptero sobrevoava a região. Os bombeiros caminharam pelas margens do lago com câmaras infravermelhas. Ao menos cinco jacarés foram capturados e estão a ser analisados, mas não há o menor sinal do menino, disseram, na altura, as autoridades.

"Lembrem-se, é a Flórida. E jacarés são nativos dessa região do país", disse Demings. "A Disney tem um sistema de gestão da vida selvagem ativo e eles têm trabalhado diligentemente para garantir que os hóspedes não sejam indevidamente expostos à vida selvagem aqui nesta área", acrescentou.

Jacarés são comuns na Flórida, onde podem ser encontrados em água doce ao longo do estado, afirmou Nick Wiley, do serviço de peixes e animais selvagens da Flórida. Entretanto, é muito raro um jacaré atacar um humano, disse Wiley.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.