O barco de pequeno porte tinha sido avistado por volta das 11:40 pelo avião de salvamento Sasemar 103, que tem vindo a fazer buscas no sul das ilhas nestes dias, devido a vários alertas de partidas de embarcações com migrantes da costa de Dajla, no Sahara.

O navio Guardamar Talia saiu de Arguineguin (sul da Gran Canaria) ao encontro do barco e contou também com o apoio de um navio mercante com bandeira das Bermudas, o Abalamabia, que navegava na zona.

Após quatro horas de navegação, o navio de salvamento resgatou os 18 sobreviventes e um migrante morto.

Na noite de segunda-feira a polícia marítima tinha resgatado 50 pessoas de um bote a sul de Fuerteventura, enquanto dois outros barcos, um com quinze e outro com 28 ocupantes, ter chegado no mesmo dia, pelos seus próprios meios, à costa de Lanzarote.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.