O Ministério da Defesa russo disse hoje que “a partir da meia-noite do dia 09 e durante todo o dia” nove aviões de transporte militar, Antonov-12 e Antonov-26, vão “atacar” as nuvens para melhorar o mau tempo, afastando a chuva e o granizo que paira sobre Moscovo, e fazer com que o sol brilhe.

O Dia da Vitória, celebrado todos os anos em 09 de maio, na Rússia, é a festa mais importante do país e este ano vão desfilar mais de 10 mil soldados e 100 máquinas de guerra, incluindo blindados, na Praça Vermelha, em Moscovo.

Desde a manhã de hoje que chove fortemente na capital e a previsão é de mais chuva, granizo e ventos fortes para as próximas 24 horas.

As tripulações, especialmente treinadas para estas tarefas, irão injetar produtos químicos nas nuvens a altitudes entre os três mil e oito mil metros, a uma distância de entre 50 e 150 quilómetros do ponto específico onde se quer garantir o bom tempo.

Dependendo do tipo de nebulosidade, são usados diferentes produtos químicos e, nas nuvens mais carregadas de chuva, é usado iodeto de prata.

A tecnologia de manipulação climatérica, concebida nos tempos soviéticos, é tradicionalmente usada na Rússia em alturas de grandes festejos, como o Dia da Vitória, o Dia da Cidade e, mais recentemente, o Dia da Rússia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.